Utilizando Mídias Sociais para conseguir um emprego

Essa entrevista foi conduzida por Monica O’Brien (@monicaobrien) do Twenty Set. Fiz uma tradução fiel. Uma coisa que me tocou nesse texto foi a palavra “esperança”. Quis compartilhar com vocês o sentimento.

Originalmente encontrada no Problogger em 23/03/2009.

Enquanto a recessão rola, mais e mais pessoas estão se virando para mídias sociais e blogs para procurar por empregos. Jamie Varon (@jamievaron) gerou um boca-a-boca na comunidade Twitter com seu novo site chamado Twitter Should Hire Me (Twitter Devia me Contratar), onde ela escreve inocentemente sobre suas tentativas de arrumar um emprego no Twitter. Nessa entrevista, ela divide conosco suas dicas de como usar as mídias sociais para conseguir um bom emprego, mesmo em época de recessão.

Qual foi a receptividade do lançamento do Twitter Should Hire Me?

No fim do segundo dia depois que o site foi lançado, recebi mais de 20.000 visualizações. Meu contador de seguidores do Twitter aumentou em cerca de 40% e eu iniciei relacionamentos que provavelmente não teria de outra maneira. Fizeram vários comentários positivos sobre minha campanha e fui contactada pela mídia local(..). A comunidade Twitter respondeu a minha campanha de uma forma altamente positiva. Recebi muito apoio e se espalhou rapidamente por todos os integrantes. A certa altura eu fui a 70ª pessoa mais reencaminhada no Twitter, entre os 100 Mais, com o auxílio de formadores de opinião como Guy Kawasaki, Chris Brogan e Pete Cashmore.

Às vezes a parte mais difícil de achar um emprego é conseguir aquela primeira entrevista. O que você fez para se fazer notar pelo Twitter antes de começar o Twitter Should Hire Me?

Eu tinha um contato que me recomendou para o gerente de RH para uma posição em aberto. Nunca tive resposta, por que a vaga foi preenchida. Fiz uma visita surpresa ao gerente de RH no escritório central do Twitter para me apresentar e levar alguns cookies (cafona, eu sei). Alguns dias depois, mandei um email para este gerente. Como nenhuma dessas tentativas deu certo, decidi que era hora de fazer algo um pouco mais radical. Foi aí que tive a idéia para o TSHM.com. Além disso, achei que fosse ser divertido fazer algo do gênero e ver qual seria o resultado.

Como você está promovendo seu site e sua busca por um emprego?

Promovo meu site primeiramente pelo Twitter. Imaginei que essa estratégia de chegar ao Twitter pelo Twitter seria interessante. Não mostrei o site pra ninguém lá, por que queria que eles tomassem conhecimento do site organicamente. No momento não estou promovendo minha busca por um emprego mais, por que eu poderia me enrolar, então estou aguardando um pouco. Porém, tenho feito posts diariamente na minha página do Twitter para mostrar que tenho informações e idéias que dão força ao site – e não apenas uma boa idéia que gerou boca-a-boca.

Você conseguiu um apoio incrível para o seu site da comunidade Twitter. Por que você acha que as pessoas se juntaram tanto a sua volta?

Acho que é uma ótima história sobre inovação em um momento em que muitos estão se esforçando para serem notados por companhias. Há uma sensação de esperança, otimismo e ambição em minha mensagem, a qual as pessoas estão precisando ver. Temos sido atingidos por muita negatividade na mídia ultimamente e a mensagem de alguém que continua a acreditar em si e que vai atrás de seus sonhos, mesmo no meio de uma crise, acerta em cheio em muitas pessoas. Tem existido esse sentimento de “pegue o que puder pegar” e as pessoas se sentiram bem ao ver alguém que ainda mantém a esperança viva.

O que você aprendeu do site sobre utilizar mídias sociais para conseguir um emprego?

O poder das mídias sociais está vivo e forte. Aprendi que se você tem algo que valha a pena compartilhar, os outros vão compartilhar também. E, se você realmente que construir uma comunidade, você atrairá pessoas. Acho que a razão principal para o sucesso desse meu site foi que eu tinha construido uma grande comunidade antes de lançá-lo. Eu realmente já utilizava o Twitter para contactar pessoas e não estava querendo forçar nenhuma idéia pra ninguém. Os que me deram mais apoio foram aqueles com os quais já mantinha contato anteriormente no Twitter. Foram eles que deram o tom da campanha, por que responderam positivamente e começaram o boca-a-boca. Em termos de conseguir um emprego usando mídias sociais, acho que aprendi é que as pessoas vão saber se você tem algum plano escondido. Construir relacionamentos sem pretensões é vital para se ter sucesso em fazer contatos (e eventualmente encontrar um emprego) através de mídias sociais. Tem que haver alguma verdade desde o começo.

O que você vai fazer se o Twitter não te oferecer um emprego?

Tenho três ofertas de emprego para marketing (…) Este site me abriu várias possibilidades nessa área. Essa foi a entrada: queria algo nos departamentos criativos de startups. Então, criei algo único e fiz tanto o marketing deste e de mim mesma. Não importa quanta experiência eu coloque nesse site (embora eu esteja inserindo uma grande quantidade de informações nele), alcancei o que toda empresa quer: um forte boca-a-boca. Meu tio, que trabalha com madeira, me ligou e quer me contratar como freelancer e me deu um orçamento de US$5.000,00. Isso não acontece por acaso por aí. Além disso, se o Twitter não me contratar a essa altura, espero cultivar um relacionamento com eles e talvez o futuro traga uma parceria. Sei que estou na indústria de startups pra ficar, então se não houver um lugar pra mim na equipe do Twitter nesse momento, isso não quer dizer que não haverá no futuro.

Que conselho você daria para as pessoas tentando conseguir um emprego em mídias sociais?

Se você quer um emprego em mídias sociais, mostre que você consegue utilizá-las sem ter um salário. Recentemente fui convidada pra fazer o marketing de mídia social de uma empresa por que eu passei o mês em que estava desempregada construindo minha própria marca online. Não esperei uma empresa me dar uma chance pra provar que eu tinha sucesso dentro da mídia social; aproveitei para deixar minhas ações falarem mais alto do que minhas palavras. Se você não pode construir sua própria marca (seu blog ou Twitter, etc.), então você não pode ter sucesso em mídias sociais. E as empresas vão contratar aquela pessoa que provou entender do assunto e não aquele que simplesmente dizem entender.

 

 

 

2 comentários em “Utilizando Mídias Sociais para conseguir um emprego

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *