Uma ferramenta poderosa: E-mail Marketing

Muito utilizadas e muitas vezes mal-interpretadas, as campanhas de e-mail marketing são, provavelmente, a forma de divulgação via internet de menor custo.

Também conhecida como newsletter, é uma ação cujo objetivo é divulgar e/ou promover produtos, serviços, eventos, idéias, novidades ou notícias.

Podem ser feitas com programas de e-mails simples como o Outlook Express, Mail ou Thunderbird, quando se tem poucos destinatários, ou programas específicos para essa função, quando a lista de e-mails é maior. Pode conter somente texto, imagens ou ambos.

Antes de fazer sua campanha, prepare-se seguindo algumas dicas simples:

1. Crie a sua lista de e-mails

Uma campanha de e-mail marketing terá retorno maior quando seus destinatários tem algum interesse em recebê-la.

Parceiros, clientes, futuros clientes, profissionais e estudantes da área, amigos são as pessoas interessadas no que você tem a oferecer. Se você frequenta eventos ou locais onde profissionais de sua indústria ou possíveis clientes estão, lembre-se de pegar e guardar cartões de visitas. Liste esses e-mails para fazer sua primeira campanha.

Você também pode colocar um formulário em seu site ou blog convidando os visitantes a assinar sua newsletter. O retorno é mais demorado, mas você terá certeza que aquelas pessoas querem ouvir o que você tem a dizer.

2. Não seja um spammer!

Evite comprar listas de e-mails com milhares de endereços. Geralmente esse material é recolhido de forma aleatória sem o consentimento do destinatário para recebimento de campanhas. Ao receber spam, o e-mail não solicitado, o destinatário pode mandar um recado ao seu provedor que está recebendo mensagens indesejadas de determinado endereço. Com o tempo seu domínio poderá ser classificado como spammer pelos servidores da internet, interrompendo e bloqueando sua comunicação via e-mail. E você não quer isso!

3. Tenha critérios

Há algum tempo atrás comecei a receber a campanha de uma academia de ginástica que oferecia várias atividades do meu interesse por preço justo em um ambiente agradável. A primeira informação que busquei foi o endereço da dita. Para minha decepção, já que moro no Rio, ela se situava em São Paulo. Frequentar esse estabelecimento seria inviável! 🙂  É ruim se interessar por um produto/serviço e não poder desfrutá-lo.

Isso acontece geralmente quando se compra aquelas listas com milhares de e-mails. Para conseguir esses endereços, programas vão recolhendo e-mails pela internet sem nenhum critério. Quanto mais se sabe sobre seu público-alvo, maior a possibilidade de apresentar um produto/serviço que vai ao encontro deste.

Saber detalhes como idade, sexo. local de residência, nome e outras informções relevantes dão consistência a uma campanha, já que o destinatário receberá uma oferta que poderá adquirir ou que quer. O retorno será positivo, por conseqüência.

4. Evite excessos e seja claro

É comum receber campanhas que parecem dizer: “quanto mais informação, melhor!” Sou contra excessos. De modo geral, peequenos espaços atulhados de imagens, textos e cores geram confusão e se fica perdido no meio de um monte de informações, dificultando a decisão do destinatário em adquirir seu produto/serviço.

A campanha de e-mail serve para divulgar de forma rápida. Seu objetivo é despertar interesse e estimular o recipiente a buscar mais detalhes através de links, telefones, sites ou envio de e-mail. Sugiro que se utilize pouco texto com fontes de fácil leitura.Imagens devem ser relevantes.

Falta de clareza reduz a capacidade de atrair a atenção do seu recipiente. Se está em dúvida, mostre para algumas pessoas e ouça a opinião deles antes de enviar a campanha para sua lista. Esteja aberto para todas as críticas.

Tem mais alguma dica que tenha dado certo para você? Divida conosco nos comentários abaixo.

SalvarSalvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *