Leon Cardoso, Designer de Jóias

Nesse artigo entrevisto o designer de jóias Leon Cardoso, 24 anos, de Aparecida, SP. Formado em Administração, ele é criador da marca de jóias Le Cardon.

Formação pessoal

Design+: Fale pra nós de sua formação

Leon Cardoso: Sou formado em Administração de Empresas, tenho uma especializações em ourivesaria e uma mini-especialização em design de jóias.

D+: Por que você decidiu fazer essas especializações e se tornar um designer de jóias?

LC: Sempre gostei de arte. Desde criança desenho, toco instrumentos, tenho a arte como um hobby. Agora adulto, descobri meu gosto pela criação de jóias e vi uma oportunidade de juntar meu hobby com algo mais profissional, após cursar a faculdade de Administração.

Eu entendo que viver de arte é muito difícil. Quem fica rico, ficou, mas a maioria não chega lá. Eu vi a joalheria como investimento, pensando como administrador. É uma área que junta design e negócios. Trabalho com metais preciosos, que não desvalorizam.

D+: Você chegou a trabalhar na sua área, Administração de Empresas?

LC: Sim, estagiei em um multinacional britânica por quase dois anos. Em paralelo, já tinha começado a trabalhar no meu negócio de jóias. Quis ter uma carreira dupla. Ao mesmo tempo trabalhar como administrador e investir em um projeto pessoal.

D+: Onde você cursou sua especialização?

LC: Pesquisei alguns lugares no Rio de Janeiro e encontrei o Espaço Rita Santos. Lá oferecem uma grade curricular bem completa. Aprendi bastante técnicas que me deram um vasto embasamento em joalheria clássica.

Agora estou procurando em São Paulo onde aprender sobre outros materiais como madeira, resinas, buscando um viés mais moderno.

Um pouco da história da Le Cardon

D+: Você veio morar no Rio por algum tempo por conta do seu desejo de se tornar um designer de jóias?

LC: Não. Saí de casa com 18 anos para estudar em uma Universidade Federal em Minas Gerais, mas não estava me realizando com o caminho que estava trilhando. Sou um garoto do interior e fui mais ainda pro interior. Chegou um momento que percebi que não era ali que queria estar. Joguei tudo pro ar e vim para o Rio de Janeiro.

Sinto que no fundo eu vim para ser feliz e foi a melhor decisão que tomei na minha vida. No Rio, além de conseguir a transferência, conquistei uma bolsa em uma ótima universidade. Lá também foi onde conheci a ourivesaria. Abriram-se muitas portas e era justamente isso que eu buscava.

D+: Aconteceu algo no Rio que te despertou para a ourivesaria?

LC: Digamos que encontrei uma válvula de escape, que via como hobby. Desde a primeiro aula recebi elogios e percebi que tinha talento para essa arte. Logo depois enxerguei um caminho profissional a seguir. Comecei a investir e pensar de uma forma mais profissional.

D+: Quais os passos dados para tornar a marca Le Cardon uma realidade?

LC: Primeiro houve um planejamento onde identifiquei o que eu queria apresentar. Fiz um plano de negócios resumido de quem eu queria atender e de qual maneira. Pesquisei plataformas de construção de site, redes sociais, divulgação por anúncios, fóruns, fornecedores. Depois construi o site, planejei a forma de divulgar, tudo de forma fluida, assim como a marca Le Cardon que vive em transformações.

Construi uma base para poder começar e conseguir dar certo.

D+: Quando a Le Cardon lançou sua primeira coleção no mercado?

LC: Em dezembro de 2016.

Le Cardon se torna realidade

D+: Sua formação como administrador te ajuda hoje no seu empreendimento?

LC: Sim. Desde criança quis ter meu próprio negócio. Mas não fazia idéia do que, só sabia que queria fazer algo diferente. O que aprendi sobre gestão é fundamental para eu me organizar, organizar minha empresa. Ela cresceu mais rápido por conta dessa minha bagagem como administrador.

D+: Você buscou ajuda para montar seu negócio?

LC: Não. Além dos meus conhecimento de formação, faço benchmarking e pesquiso novidades dentro e fora do país. Porém, tive o apoio do meu irmão, Luis Fernando Cardoso, que investiu no empreendimento e se tornou meu sócio. Hoje ele também me assiste no gerenciamento do site e do e-commerce da Le Cardon.

D+: Benchmarking, o que é isso?

LC: É o estudo de mercados parecidos, buscando idéias interessantes que possam ser aplicadas ao meu negócio.

Produção das Peças

D+: É você que cria as peças ou você trabalha com outro profissional?

LC: Não, todas as expressões são minhas, desde o planejamento, o desenho, o material até a execução. As peças de maior circulação eu terceirizo com outros ourives. Hoje eu sou designer de jóias e ourives.

D+: Então você realmente põe a mão na massa!

LC: Sim, é um processo todo artesanal.

D+: Esse conhecimento veio do curso de ourivesaria, certo?

LC: Sim.

D+: Que metais você utiliza em suas peças?

LC: Hoje em dia eu trabalho com prata e ouro.

DNA da Le Cardon

D+: Qual é a identidade que carrega a sua marca?

LC: A identidade principal da Le Cardon é trabalhar com moda agênera. Todas as peças são tanto para homens quanto para mulheres. Queremos que qualquer um se sinta a vontade para usar nossas peças. Em nossas campanhas publicitárias trabalhamos a diversidade, além dos padrões da moda. Para ser modelo da Le Cardon basta gostar de quem se é. Quem se sente bonito ou bonita para estar em um ensaio fotográfico, pode posar para nossas campanhas. Queremos trazer quem não é visto tradicionalmente na moda para a moda.

D+: Qual o retorno do público agênero que está comprando suas peças?

LC: Venho recebendo muitos elogios, pois é um conceito totalmente novo. De modo geral, a joalheria é clássica, é feminina. Moderno hoje é a joalheria masculina. A Le Cardon vai além, oferecendo algo que ainda existe muito pouco, que é difícil de achar.

Onde encontrar e como comprar

D+: Como a Le Cardon comercializa suas peças atualmente?

LC: O principal canal de promoção e interação é o Instagram com mais de 4 mil seguidores. Também temos a página no Facebook. As campanhas feitas pelas redes sociais. Quem se interessa para adquirir nossas peças é redirecionado para o site com e-commerce para realizar a compra.

D+: Que formas de pagamento são aceitas?

LC: O site oferece uma estrutura onde é possível pagar com boleto ou cartão de crédito, oferecendo  parcelamento.

Para contactar Leon Cardoso e saber mais sobre as peças Le Cardon utilize os seguintes canais:

Site: http://www.lecardon.com/
Instagram: https://www.instagram.com/le_cardon/
Facebook: https://www.facebook.com/lecardonoficial

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvarSalvarSalvar

Related Posts with Thumbnails

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *